1

Para reduzir a Selic

Por Mário Mesquita

A mais recente reunião do Copom levou a taxa básica de juros da economia, a Selic, para 10,75%. Com isso, a mesma retornou ao patamar inicial do governo Dilma. A julgar pela comunicação do Banco Central e o desafiador cenário inflacionário que se desenha para 2015, quando se espera que o governo relaxe os atuais controles sobre alguns preços, é bem possível que a Selic termine o atual mandato presidencial acima do patamar inicial, fato inédito desde que o regime de metas para a inflação foi adotado em 1999.