Ex-premiê alemão Helmut Kohl morre aos 87 anos

Por Valor, com agências internacionais

SÃO PAULO  -  Helmut Kohl, chanceler alemão de 1982 a 1998, conhecido como pai da reunificação, morreu nesta sexta-feira aos 87 anos. O jornal Bild reportou que o ex-chanceler estava em sua casa em Ludwigshafen, no Estado da Renânia-Palatinado.

Frank Leonhardt/dpa via Associated Press

Além de ser creditado a ele a união da Alemanha Oriental e Ocidental após a queda do muro de Berlim, Kohl foi responsável pela introdução do euro junto com o então presidente da rança, François Mitterand.

Ele deixou a vida política em 2002. Em 2008, após uma queda, ele teve problemas na fala e ficou confinado a uma cadeira de rodas.