Autarquia faz 1º julgamento que envolve 'condo-hotel'

Por Juliana Schincariol | Do Rio

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) marcou para 27 de junho o primeiro julgamento dos nove processos sancionadores que investiga oferta irregular de "condo-hotéis", enquanto se prepara para editar a norma que regula o setor. A autarquia vai analisar a oferta do AC Marriot Barra da Tijuca, que teve como empreendedora a Riobarra Empreendimentos Imobiliários e a Renaissance do Brasil Hotelaria, integrante da rede Marriott Internacional, como operador hoteleiro.