• Blog 16/08/2017 às 10h26 0

    Governo fica com déficit, Congresso com ‘aperto’ e a S&P com esperança

    O mercado de câmbio tenta manter a tendência de ontem à tarde. O dólar chega a ser cotado em leve baixa. Não há reprise, porém, do sinal francamente positivo para o governo que foi emitido, ontem, logo após a confirmação de que o anúncio da revisão da meta fiscal seria antecipado para às 18h da terça. Inicialmente, o anúncio ocorreria hoje às 10h. O dólar já cedeu ao patamar de R$ 3,16 e voltou a R$ 3,17. Ontem, o dólar exibiu inequívoca tendência de queda no fim do dia. Negociado a mais de R$ 3,20 embicou para R$ 3,17. 
  • Blog 15/08/2017 às 18h00 0

    Com nova meta fiscal no forno, CAE aprova projeto que inibe mudança

    O ministro da Fazenda Henrique Meirelles e o ministro do Planejamento Dyogo Oliveira anunciam hoje, às 18h, a meta fiscal para 2017 e 2018. O anúncio estava previsto, anteriormente, para amanhã às 10h. Os dois objetivos sairão de R$ 139 bilhões e R$ 129 bi, respectivamente, para algo maior. O quanto maior confirmaremos em breve. Dificilmente, porém, as novas metas surpreenderão. Há semanas, o governo ensaia esta revisão, adiada várias vezes, inclusive, pela falta de consenso quanto à expansão adequada, desejada ou possível. A prometida era cadente. 
  • Blog 15/08/2017 às 12h57 0

    "TLP deve incidir em todo crédito com funding em dívida pública"

    O especialista em Finanças Públicas, o economista José Roberto Afonso, pesquisador do IBRE/FGV e professor do Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), elaborou uma proposta alternativa ao substitutivo da Medida Provisória 777 (MP 777) que propõe a criação da Taxa de Longo Prazo (TLP) como substituta integral da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) ao final de cinco anos. 
  • Blog 15/08/2017 às 11h30 0

    Virada estará aqui?

    O desempenho do varejo em junho surpreendeu para melhor. As vendas do varejo restrito e do varejo ampliado – inclui veículos, peças, motos e material de construção – superaram com larga vantagem o esperado por analistas de bancos e consultorias. Isabella Nunes, gerente da Coordenação de Serviços e Comércio do IBGE, atribui os resultados favoráveis “à massa real de salário circulante na economia, que cresce, assim como a queda dos juros, além da base de comparação baixa do setor”, relata Bruno Villas Bôas, do Valor.
  • Blog 14/08/2017 às 12h18 0

    Roteiro da Fitch para o Brasil

    A situação fiscal do Brasil no médio prazo será avaliada pelo ritmo de deterioração na Previdência Social. Aumentos de impostos e outras medidas certamente mostram um compromisso do governo brasileiro com a consolidação fiscal, mas a rigidez das despesas é um empecilho [ao reequilíbrio das contas públicas no Brasil], afirma James McCormack, diretor-gerente e chefe global do grupo de soberanos e supranacionais na Fitch, aos jornalistas Álvaro Campos e Lucas Hirata, do Valor. 
  • Blog 14/08/2017 às 10h03 0

    Nova meta vai mantém efeito contracionista e não afeta queda de juro

    O fim de semana passou, mas a expectativa com o anúncio de medidas fiscais não e o mercado financeiro aguarda a formalização das decisões do governo que deve ocorrer ainda hoje. Não há intenção de aumentar impostos. A grande mudança ocorre com a elevação das metas fiscais e, tudo indica, nos parâmetros apresentados pela imprensa nos últimos (muitos) dias. As novas metas fiscais para 2017 e 2018 devem ser idênticas ao resultado registrado em 2016, quando o déficit primário foi de R$ 159,5 bilhões – montante bem inferior à meta originalmente proposta pela equipe econômica, deficitária em R$ 170,5 bilhões.