Deflator mais alto do PIB deve favorecer trajetória da dívida, diz estudo do Ipea

Por Fabio Graner | De Brasília

A dinâmica da dívida pública brasileira nos próximos anos deve ser favorecida por uma questão contábil, caso a economia realmente volte a crescer. É o que indica nota técnica recentemente publicada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).