Brasil pode questionar, na OMC, nova taxa da China sobre açúcar

Por Fernando Lopes e Fernanda Pressinott | De São Paulo

O Ministério do Comércio da China confirmou que elevou ontem de 50% para 95% a tarifa incidente sobre o volume de suas importações de açúcar que exceder a cota de 1,95 milhão de toneladas estabelecida pelo governo. A informação foi antecipada na sexta-feira pelo Valor PRO, serviço de informações em tempo real do Valor.